img img

O que é ecoturismo?

• Um tipo de turismo realizado em áreas naturais onde as características do meio ambiente ainda estão preservadas e por isso é valorizada pelos visitantes;
• Um tipo de turismo onde a cultura local ainda preserva sua originalidade e por isso é valorizado pelos visitantes;
• Um tipo de turismo que permanece por muitos anos, que ajuda na conservação da natureza e traz melhorias para a comunidade local;
• É o tipo de turismo que mais cresce ano após ano, indicando uma tendência que as comunidades que mantém suas características originais pode seguir para se sustentarem.

A ANAMA acredita na importância e necessidade do planejamento do Turismo, alternativa econômica.

Ecoturismo em Maquiné RS
O turismo ecológico em áreas rurais pode ser uma alternativa de renda para a comunidade local, uma forma de preservação da mata e de troca entre pessoas de diferentes lugares. Mas para que o turismo aconteça gerando o mínimo de impactos negativos é preciso que esteja ligado à educação. Por exemplo:
Você costuma passear na sua região?
Você conhece os recantos especiais e as espécies nativas?
Sabe sobre as atividades de turismo e seus impactos no meio ambiente e no homem?
Contribui para que a comunidade conheça as questões ambientais?
Informe-se, descubra, participe!
Para ser ecológico, o turismo em
Maquiné depende de todos!
Maquiné História

Em 1840 iniciou a colonização do município situado no vale do Rio Maquiné, com a vinda de Antônio Leonardo Alves, procedente da família Abreu.

A chegada de novas famílias viriam no final do século passado com colonizadores alemães, italianos e poloneses, dando novo impulso à produção primária. O transporte dessa produção era feito em balsas, descendo o Rio Maquiné até Osório e Torres. As mulas faziam o intercâmbio comercial com as cidades de Taquara, Caxias do Sul e Porto Alegre.

Por volta de 1840 começou a colonização do município até então situado no vale do rio Maquiné. Por volta de 1900 foi erguida a primeira igreja, quando a população já almejava a criação do Distrito, pois na época a localidade integrava o Distrito de Marquês do Herval (atual Barra do Ouro).

Em 1914, com a construção de um pequeno porto na "fazenda do Leonardo", a localidade passou a chamar-se de Porto Cachoeira. Em 1938 foi denominada "Vila General Daltro Filho", nome que gerou divergências políticas, dois anos após foi rebatizada para "Maquiné", denominação que mantém até hoje.

A formação histórica do litoral Norte tem como referência a presença de indígenas, fixados principalmente a beira das águas doces e salgadas. A entrada de negros africanos foi simultânea com a colonização de origem portuguesa. O Tupi-Guarani fixou-se definitivamente na região. Outro grupo aculturado sobrevive condicionando e vendendo cestos de fibras e morando a beira das estradas.

Atrativos Naturais
O turismo ecológico é o carro-chefe de Maquiné, essa cidade tranqüila, no sopé da Serra do Mar.
A visita a essa cidade pode ser um bom complemento para quem quiser conhecer algo mais do que praias e lagoas durante uma viagem ao litoral gaúcho.
Duas das maiores cascatas de Maquiné, a Garapiá, a 12 quilômetros do centro, com 30 metros de altura; e a Escangalho, a 6 quilômetros, com 70 metros de altura, têm acessos em estrada de chão em bom estado. Essas duas cascatas são formadoras do Rio Maquiné, onde outra atração são as fortes corredeiras.

Cascata do Carapía
Pode-se chegar bem próximo de carro. Distante 29 Km da sede, Linha Garapiá.De rara beleza e fácil acesso.

Aventura no Garapía
Saída da sede do município com destino ao distrito de Barra do Ouro, passando por vários afluentes do Rio Maquiné. Trekking opcional de 1h30min até a cascata, a partir deste ponto. A trilha em Mata Atlântica oferece uma paisagem inesquecível. Área propícia para rappel. Possibilidade de banho e camping. Nível: fácil a médio Duração: 6h Percurso: 30Km

Morro da Solidão
Saída da sede do município com destino a Linha Solidão. Partida do paradouro do Morro com trekking de 20 minutos em trilha aberta e 40 minutos em mata fechada, até as três cascatas sobrepostas. Vegetação e fauna típica de Mata Atlântica. Nível: médio Duração: 3 horas Percurso: 7 Km

Roteiro Prós-Lagos
Partindo-se da Fazenda do Pontal no distrito de Morro Alto - rodovia Morro Alto/Capão da Canoa, a 2,5 Km da BR 101, à beira da Lagoa das Malvas. O roteiro segue em direção a Lagoa dos Quadros e entra na Lagoa Itapeva, visitando Torres. Retorna até chegar a Tramandaí, via Lagoa dos Quadros. Valor a combinar. Nível: fácil Duração: 01 a 03 dias Devem ser agendadas com uma semana de antecedência e um condutor local acompanha o grupo com valor a combinar. Maiores informações: Prefeitura Municipal de Maquiné, fone (51) 3628.1322.
Balneário municipal de Maquiné
Endereço: Linha Pinheiro, 1800
Fone: (51) 3628-1322 Sec. Turismo
CEP: 95528-000
Dist. Centro: 2km
Dist. POA: 133
Vias de Acesso: BR 101, RS 848
Local possui: água potável, água quente no chuveiro, armário, banheiro, bar, churrasqueira, coleta de lixo, esgoto, espaço para trailer, estacionamento, funcionamento permanente, lava-louça, lava-roupa, luz 220 volts, restaurante.

Camping do Bibo
Endereço: Distrito de Barra do Ouro
Fone: (51) 3628-0029
Dist. Centro: 15 km
Temporada: ano todo
Local possui: água potável, água quente no chuveiro, banheiro, churrasqueira, esgoto, lancheria, luz 220 volts, restaurante.

Pousada O Paradouro da Serra Gerallocalizada em Maquiné RS - é uma pousada voltada para o ecoturismo e a aventura, em meio a uma das mais preservadas regiões do Rio Grande do Sul, vizinha a Reserva Ecológica de mesmo none. Está cercada por montanhas com altura superior a 900 metros, formando cânions, vales e recebendo rios que nascem na parte de cima da serra, região de São Francisco de Paula e Cambará. Desfrute da tranquilidade em nossos chalés.


www.paradourodaserrageral.com.br


Secretaria Municipal de Agricultura e Turismo
Endereço: R. Osvaldo Bastos, 622
Fone/fax: (51)3628-1322